Marcadores

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Da primeira vez que ouvi sobre marcadores, não fazia a menor ideia do que se tratavam. Foi através de um amigo que cheguei a conhecê-los. Marcadores nada mais são do que canetinhas. Só que enquanto as canetinhas tradicionais são a base de água (hidrocor), a maioria dos marcadores são feitos a base de solvente e, mais recentemente, a base de álcool, por causa do cheiro forte e possibilidade de intoxicação.

Existem marcadores de vários tipos, para várias superfícies, como por exemplo os marca-textos que utilizamos pra destacar frases em livros e cópias, e os marcadores para quadro-branco, que não são permanentes. Mas o foco da minha postagem são os marcadores permanentes, mais especificamente os utilizados em processos de design, ilustração, arquitetura e afins.

Modelo curioso de marca-texto. Nunca tinha visto.
À direita colorindo com Copics, marcadores internacionais.

Existem diversas marcas disponíveis no mercado: Copic, Letraset, Prismacolor, Tria, Tombow, Faber-Castell Pitt, Sharpie e Sakura, todos importados e com preços salgados, pelo menos pro meu bolso.

Meu primeiro contato com marcadores foi no carnaval, quando conseguimos (meu amigo e eu) marcar um dia pra sentar e desenhar o dia todo. Definimos com a ajuda do It’s a character driven o que iríamos desenhar, e dentre os materiais à disposição haviam marcadores (gostei muito do resultado, mas vou deixar pra mostrar um outro dia). O fluxo das cores funciona bem e não fica manchado como quando colorimos com hidrocores. Gostei tanto que fiquei disposta a investir em um estojo da Sakura com 12 cores por R$ 117,00.

Tanto pesquisei, que acabei encontrando as Magic-Color, uma linha produzida em território nacional pela Tinta Mágica. Ia comprar online, mas pesquisando um pouco mais descobri uma loja na Grande Vitória que tem por preço similar à loja online. Fiz então a compra de dois estojos: um com 12 cores sortidas e outro com 6 tons e cinza.

Marcadores Magic-Color Série Ouro - 12 cores sortidas.

Marcadores Magic-Color Série Ouro - 6 tons de cinza (3 quentes e 3 frios).
Brasileiríssimos e bem mais baratos quando comparados aos demais.

Minha primeira experiência foi colorindo esse chibi do Chris Redfield (Resident Evil 5). Esse rascunho estava do lado do Homem-Aranha, então o papel é o mesmo: Filipaper, linha escolar, branco, gramatura 140g/m². Finalizei com caneta nanquim descartável (Uni Pin Fine Line 0.1 e 0.2mm) e colori com os marcadores novos. Senti falta nos meus estojos de um tom de pele. O mais próximo que tenho disso é um cinza quente claro, mas ainda assim fica um pouco estranho. Apesar disso, gostei do resultado.


Hoje realizei minha segunda experiência, colorindo um rascunho do Wolverine que fiz ontem durante a aula, em um sketch book A5. O caderno é da linha Neon, da Tilibra, com folhas azuis, off-set de gramatura 75g/m².

Processo de acabamento. Só depois que comecei a colorir percebi um erro
no detalhe da fantasia do Wolverine, mas consegui consertar em tempo. 

Entre o Chris e o Wolverine, pude perceber algumas diferenças. O Wolverine ficou bem mais manchado do que o Chris e embora não saiba exatamente o por quê dessa diferença, fiz algumas hipóteses:
  • O Wolverine é bem maior do que o Chris, e cobrir áreas maiores é mais difícil, porque o papel não fica com a mesma quantidade de tinta ao longo dos movimentos.
  • O Chris ficou com a tinta mais uniforme porque foi desenhado em papel com maior gramatura, que absorve melhor e encharca menos de tinta.
  • O Wolverine ficou mais manchado em função do rascunho: enquanto o Chris foi rascunhado com grafite 2B e arte-finalizado com nanquim primeiro, tendo suas linhas base apagadas antes das cores; o Wolverine foi rascunhado com Pilot Eno Blue, colorido primeiro e só depois arte-finalizado.
  • Por fim, acreditem ou não, fico em dúvida sobre com que rapidez usar o marcador e em qual posição usar a ponta chanfrada sobre o papel. Acredito que isso também influencie.
Talvez só uma dessas coisas tenha influenciado, talvez todas tenham. Só vou descobrir nas cenas dos próximos episódios. De maneira geral, trabalhar com marcadores está sendo muito divertido e eu já penso na possibilidade de adquirir outros estojos da Magic-Color, com outros tons, ou canetas avulsas da Magic-Color ou de outras marcas. Por enquanto acho que já gastei em excesso com materiais e por isso devo sossegar um pouquinho, mas logo que puder comprarei mais alguns brinquedos. Hehehe.

Dúvidas? Os comentários estão a disposição.
Até a próxima!

29 comentários:

  1. Que legal! Sempre vejo no site que eu compro material (o projetista) mas não tenho marcadores... quem sabe um dia =D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Débora

      No site O Projetista também tem esses Magic-Color e algumas outras marcas disponíveis. Dependendo do lugar que você morar e do valor do frete, até compensa pedir de lá, porque os preços estão bons, e abaixo do que eu paguei, inclusive.

      É uma experiência bem bacana, eu recomendo pra quando você tiver disponibilidade (entenda, dinheiro). :P Hehehe!

      Excluir
  2. rss estou sem disponibilidade no momento então rsrs...mas com toda certeza testarei um dia... preciso rabiscar mais...estava sem vontade ultimamente... ! ahh achei a caneta branca... ! amei! Acabei testando o efeito com tinta para artesanato branca tbm..e um pincel fininhooo...tbm gostei mas a caneta é bem mais pratica rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, praticidade sempre que possível! :P
      Por essas e outras tenho gostado tando de "brush pens". Qualquer hora faço um post sobre isso. :)

      Excluir
    2. Ai Joy..depois do seu post não me aguentei e achei disponibilidade (apesar de ter prometido não gastar mais com materiais e me virar com o que eu tinha depois de comprar uma mesa digitalizadora)..bom comprei uns estojos Magic colors... pelo projetista (não tinha as cores básicas mas acho q não vai fazer tanta falta)... ..eu tenho uma brush pen!! da um acabamento muitooo legal!!

      Excluir
    3. Que legal Débora! :D
      Fico feliz que tenha se animado, apesar dos pesares. Eu sei bem como é estar resolvido a não gastar mais com uma coisa e depois não se aguentar! Hehehe.
      Quando tiver um tempinho, mostra pra gente seus resultados. Se quiser, cole o link em algum comentário por aqui. :)

      Excluir
    4. Eu também estou curiosa com esse resultado aí. Eu ainda não tenho experiência com as markers da vida, mas andei caçando vídeos de alguns mangakas colorindo com elas. Percebi que primeiro trabalham as áreas de sombra do desenho, e depois preenchem o resto.

      Não sei até que ponto os marcadores se diferenciam da técnica de aquarela na parte "teórica", digamos assim. Quer dizer, há possibilidade da sobreposição das cores, a pintura pode ser trabalhada em camadas, essas coisas.

      Mas também descobri que, mesmo usando e testando os marcadores (de marca boa, diga-se de passagem), alguns artistas preferem continuar na aquarela.

      Eu tô doida pra ter essa disponibilidade pra brincar com os marcadores também! T-T

      Excluir
    5. Quase nem usei a aquarela que comprei, apesar de achar super lindooo...preciso de mais pinceis fininhos eu queria que secasse mais rápido. Sabe que ja me passou varias vezes na cabeça de diluir a tinta em alcool? ( a loca! não me xinguem kkkk) mas não fiz isso ainda... e agora aqui só tem alcool em gel... ai, eu faço uma bagunça =/

      Excluir
    6. Não tem problema diluir com álcool, mas eu acho que fica mais difícil de trabalhar justamente porque seca muito rápido. O efeito contrário dá pra conseguir usando sabonete. Ainda não testei isso por falta de tempo e às vezes por preguiça mesmo. Heheheh...

      Excluir
  3. Chegaram minhas magic color.... borrei meu desenho kkkkkk mas faz parte..foi o primeiro..! Adorei porem houve algum engano no estojos e estou com 2 vermelhos escarlate, um deles veio no lugar de um vermelho cereja =/ então de uma conferida nas cores se for comprar outro estojo Joy! Eu nem vou reclamar pq se não vai me dar trabalho rsrs
    http://defantini.deviantart.com/art/Teste-com-marcadores-Magic-Color-359590699

    ResponderExcluir
  4. Que legal, Débora!

    Olha, eu achei pouquíssima informação sobre essas Magic-Color na internet antes de comprar, mas me lembro que num dos blogs que li, a moça falava que eles costumam se enganar com as cores as vezes. Uma pena.

    Pode deixar que eu estou de olho, e desculpa não ter comentado sobre isso antes!

    E poxa, ficou super legal seu desenho! Parabéns! :D

    ResponderExcluir
  5. Maginaa..como comprei pela internet e a entrega demorou um pouco, apesar de estar dentro do prazo, nem vou reclamar...vermelho por vermelho tudo bem rsrs...eu li que as tampinhas enganam..as cores são realmente são um pouco diferente da tinta...mas sem problemas, eles chegam lá..só de saber que ja temos algo assim no brasil alivia o bolso..!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O desenho ficou massa!

      Recentemente comprei o estojo das cores básicas, mas pretendo comprar as intermediárias depois que a disponibilidade pingar na conta. xD

      Tô empolgada!
      Obrigada, meninas! o/

      Excluir
  6. Essas da magic collor são aquelas que tem ponta de pincel? As cores se misturam bem quando são pintadas uma sobre a outra? To com vontade de comprar dessas já que as da copic esta fora do orçamento =(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lidia! Primeiro, obrigada por participar.

      Esses marcadores que comprei não são os com ponta de pincél não, são os de ponta chanfrada mesmo (tipo aqueles pincéis atômicos da Pilot). Quando eu pesquisei pra comprar, tinha em vista os com ponta de pincel, mas encontrei na internet um blog que apontava diferenças de qualidade entre os marcadores da série normal e os da série ouro (esses que comprei), e como os com ponta de pincel não tinha na série ouro, acabei optando pelos de ponta chanfrada mesmo.

      Sobre a mistura de cores, elas acontecem, por exemplo, se você sobrepor um tom avermelhado a um azulado, vai obter um tom de roxo, mas ela se dá de forma chapada. Existe uma canetinha especial sem cor, que se chama "Blender" (misturador) que serve pra fazer uma passagem gradativa de tonalidades. Nunca experimentei, mas talvez valha a pena procurar o Blender da Magic Color e ver se funciona, já que o preço é bem mais em conta do que qualquer estojo importado.

      Se for uma grande curiosidade experimentar marcadores, aconselho comprar as Magic Color até pra ver como esse tipo de material se comporta mesmo e depois ver se vale a pena investir em algo mais caro. Essa é sempre a minha política.

      Espero que isso possa sanar algumas das suas dúvidas.

      Sempre que quiser, estamos por aí!

      Abraços

      Excluir
  7. oi, gostaria de saber se as canetas magic color a base de solvente é a mesma coisa que a base de alcool. Alguem sabe?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Seu Anônimo.

      Então, acho que os Magic-Color são a base de álcool mesmo, que deve ser a mesma composição que os Letraset, Copics e afins.

      Excluir
  8. Então, por que pediram pra comprar o magic color de tons de cinza a base de solvente, porem na descrição do produto está "a base de alcool". Posso comprar sem problemas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, Seu Anônimo, acho que depende muito da aplicação a que se destinam esses marcadores. A Tinta Mágica (fabricante das Magic Color) desenvolve produtos para diversos segmentos. Tem marcadores escolares (hidrocor), permanentes pra ilustração, pra roupa, etc.

      A minha amiga, Nane chan já fez um post sobre marcadores também e ela disse que os Magic Color são mesmo a base de álcool. Ela costuma pesquisar pra caramba pra falar a respeito, então confio. :)

      De qualquer forma, você pode tentar entrar em contato com o pessoal da Tinta Mágica, ou pesquisar um pouco mais a respeito no próprio site deles que é esse aqui tintamagica.com.br.

      Espero ter ajudado de alguma forma e boa sorte! :)

      Excluir
    2. Sr. Anônimo,
      assim como os marcadores Promarker, esses marcadores Magic Color mostrados nas postagens do Caixola e do Cappuccino são à base de álcool sim.

      "Solvente" é tudo aquilo usado pra "dissolver" alguma coisa. A água também é solvente ("solvente universal", lembra das aulas de Química do 1° ano? rs), mas os marcadores permanentes geralmente são à base de álcool. Neste caso, o álcool é usado para dissolver e conduzir o pigmento da esponja de dentro do pincel, transformando-o em tinta.

      Me senti o Beakman agora! XD

      Excluir
    3. Falô, Beakman! XD

      Valeu pela resposta, Nanika. Espero que tenhamos ajudado o Sr. Anônimo! :D

      Excluir
  9. Achei tão legal a ideia de criar um blog postando as experiências obtidas nos desenhos para compartilhar com os outros. Entro todo dia aqui e no Cappuccino para ver se postam algo novo.

    Só para tirar uma duvida esses marcadores da Magic Color tendem a ficar mais controlados com o decorrer do tempo? Porque efetuei a compra, mas os meus no momento que encosto na folha é como se pingasse tinta no papel, solta tinta demais, não tem como fazer detalhes porque a tinta vai espalhando.

    Parabéns pelo blog e pela aprovação de seu projeto de graduação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jabis!

      Já passei por essa situação da tinta pingando com algumas unidades dos meus marcadores da Magic Color, mas não aconteceu com frequência. Não consigo me lembrar agora se foi logo depois de tê-los comprado, ou se depois de um tempo de uso. De qualquer maneira, algumas coisas podem estar influenciando esse resultado:

      1) Tenta dar uma olhada por exemplo, na validade do material. Pode ser que estejam vencidos.

      2) O tipo de papel utilizado também pode fazer muita diferença. Papeis de gramatura mais baixa vão absorver mais a tinta e se "encharcar" com mais facilidade, fazendo com que a tinta "sangre" mais (se espalhe pelo desenho e/ou passe pra parte de trás da folha). Existem papeis específicos pra marcadores que são de gramatura bem alta e já vi vídeos de pessoas recomendando usar papel de aquarela, mas eu acabo usando eles em qualquer folha sem muita frescura e nunca tive muita dor de cabeça, por sorte. Experimente papeis de gramatura mais alta. 140, 180, 200... veja se acontece a mesma coisa.

      3) Essa terceira já é uma especulação pessoal e diz respeito a forma de acondicionamento do material. Você tem deixado eles em que posição? Vertical ou horizontal? Eu sempre procuro guardar os meus na posição horizontal, porque sempre me preocupo com o fluxo de carga das minhas canetas irem muito pra ponta, ou se afastarem da ponta. Eu sei que isso pode parecer algo mais relacionado à canetas esferográficas e penas, e que canetas com ponta de feltro tem aquelas esponjas dentro que acomodam a tinta, mas vai que influencia, né? Procure deixá-las na horizontal, por via das dúvidas.

      4) Por fim, marcadores exigem um pouco de treino e controle. Meus primeiros desenhos ficaram todos manchados e estranhos, mas com o tempo aprendi a manusear a ponta chanfrada e o fluxo de tinta, então continue treinando!

      Se for mesmo um excesso de carga na caneta, tão logo você comece a usá-la vai ficar mais controlado, então tente não usar em um desenho definitivo que você não queira estragar a princípio e treine mais com rascunhos.

      Obrigada por acompanhar o Caixola e por comentar também! Fico contente de ver que as experiências continuam sendo úteis e legais pros leitores!

      Espero que tenha ajudado de alguma forma, e qualquer coisa estamos por aqui! :D

      Abraços!

      Excluir
  10. Olá Joyce! minha dúvida não é a respeito das magic color, mas sim sobre marcadores de quadro branco!
    Se você, ou alguém que acompanhe a postagem puder me ajudar, serei grata!
    Eu gostaria de saber qual é a diferença entre um marcador à base de água e outro à base de álcool! E como faço para saber qual seria o melhor para os quadros brancos da minha escola! Desde já, obrigada!
    Att.: Letícia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Letícia.

      Bom, eu não entendo muito de marcadores pra quadros brancos, pois o foco aqui são os materiais artísticos. De toda forma acredito eu que seja muito provável que os próprios quadros brancos, quando comprados, devem ter vindo com instruções de quais tipos de marcadores são mais adequados e práticas para seu uso e conservação.

      A diferença entre marcador a base de água e a base de álcool é exatamente essa: os a base de água tem pigmentos que são diluídos em água pra criar a tinta, e os a base de álcool tem pigmento diluído em álcool, sem muito mistério. Eu iria na papelaria e procuraria por marcadores que sejam específicos para quadros brancos, não deve ter erro!

      Sei que não pude ajudar muito, mas é tudo que posso compartilhar no momento com minha experiência.

      Obrigada por comentar e se houver qualquer outra coisa que possa ajudar é só dizer.

      Abraços

      Excluir
  11. Respostas
    1. Obrigada, e valeu por comentar também!
      Abraço!

      Excluir
  12. Post velho mas fiquei curiosa porque tô precisando kkk em que loja da gv você comprou as magic color?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Érika!

      Então, a loja que encontrei os Magic Color na Grande Vitória foi a Tela Arte & Cia, que fica na Av. Rio Branco, 632 em Santa Lúcia.

      O site da loja é esse: Tela Arte & Cia

      Faz muito tempo que não vou lá, então boa sorte. :)

      Qualquer coisa: ArtCamargo!

      Excluir