Caneca personalizada

sábado, 20 de julho de 2013

No fim de semana retrasado (06/07) fui “contratada” pra trabalhar em um freelancer muito especial. A orientadora de mestrado do meu irmão mais novo (também sua orientadora acadêmica em diversos projetos desde 2009) está se afastando por um ano para fazer pós doutorado no exterior, aí ele veio com a ideia de presentea-la com algo diferente. A proposta era que eu fizesse uma ilustração na qual sua professora estivesse vestida como uma troiana, recebendo o cavalo de Tróia de um soldado grego. Pois bem, estava lançado um dos maiores desafios que já enfrentei como pretensa ilustradora! Mas, como no briefing ele me disse que não seria exigente quanto à qualidade da ilustração e que tinha certeza que eu teria condições de fazer o que ele me propunha (quanta confiança!), fiquei bastante a vontade para criar.

O primeiro passo foi fazer o que não se deve: entrei no Facebook da pessoa em questão (que por acaso conheço também, já prestei vários serviços pra ela como freelancer, hehehe), e peguei algumas fotos como referência. Num primeiro momento estava tentando algo que se parecesse minimamente com uma caricatura, então achei importante estudar as características físicas, principalmente do rosto, em busca de traços marcantes para serem reproduzidos. O resultado desse primeiro estudo foi um desenho de observação. No dia fiquei bastante orgulhosa, mas hoje olhando com calma acho que pouco da pessoa existe no meu desenho. De qualquer forma, o estudo é sempre válido, mesmo que não seja exatamente igual. Pfffft!!! Faltam décadas até que eu consiga desenhar alguém “exatamente igual”! Hehehe!


Então comecei a tentar rascunhar minha caricatura, mas logo percebi que não ia dar certo. Ainda sou extremamente inapta pra fazer algo dessa natureza e meu prazo era muito corrido. Pra piorar, sou extremamente lenta. Então comecei a buscar alguma referência mais cartunesca pra resolver o personagem e decidi me deixar influenciar por Charles Schulz. Não tentei mimetizar seu traço no meu desenho, mas procurei algumas das característicar para reproduzir, como algo no formato do corpo, dos braços, posição dos olhos em relação ao nariz e também a posição dos pés.

Primeiro rafe da professora e os personagens de Peanuts, de Schulz.

Depois que me libertei da obrigação de tentar fazer algo caricatural, o fluxo do trabalho aumentou bastante e consegui produzir bem, mas precisei de muitas referências pra desenhar os elementos da composição: roupa do período clássico, o cavalo de madeira e o soldado grego. Fui ao Sr. Google, então, me equipar das referências necessárias. Foi algo mais ou menos assim:


A partir daí comecei a rascunhar cada um dos personagens que compunha a cena: primeiro a professora, depois o cavalo e por fim, rascunhei o soldado tendo em vista sua relação com o cavalo - ele o estaria empurrando na direção da professora. E no sábado (primeiro dia de trabalho) consegui terminar toda a lineart e a composição da cena.

Mostrei pra Nane no fim do dia e ela me chamou a atenção
para a pata desproporcional do cavalo.
Consertei no dia seguinte.

O que tinha pro segundo dia era finalizar com cores. Como o tempo era curto e ainda queria fazer minha jogatina dominical de Resident Evil 5 com meu irmão mais velho (XD) tive que optar por pintar com cell shading pra andar mais rápido. O processo pra cada um vou postar em gif, naquele esquema que já fiz antes. :)




Bom, tudo devidamente pintado, era hora de passar aos detalhes finais que fariam com que o presente fosse extremamente personalizado: inserir elementos de um contexto que faz referência ao universo deles, no caso dessa caneca, a paródia de um trecho da Eneida. Ele me pediu pra colocar uma faixa no cavalo com os dizeres em latim “DONVM DILECTISSIMAE MAGISTRAE”, que em português significa “Um presente para a professora mais querida”; enquanto isso, o personagem que representa a professora estaria pensando “TIMEO DISCIPVLOS ET DONA FERENTES”, que significa “Temo alunos, mesmo quando trazem presentes”. Inseri um fundo de papel jornal que trabalhei no Photoshop pra simular marcas de desgaste pelo tempo e uma borda pra fechar a composição. No fim o layout ficou assim:

Layout finalizado da caneca.

Fotos tiradas na pressa na mesa do restaurante universitário da Ufes com o celular!

O legal é que quando meu irmão foi entregar o presente, a reação dela foi exatamente a da caneca, segundo ele, o que torna tudo ainda mais contextualizado e divertido! Ele ficou bastante satisfeito com o resultado final e disse que se surpreendeu com o que apresentei. Isso me deixa muito feliz, porque tenho consciência de que poderia ter feito melhor se tivesse mais tempo pra estudar e produzir com calma. Mas no fim me dá a sensação de que estamos caminhando pra algum lugar e isso é o que vale de verdade, hehehe!

Espero que me desculpem pelo testamento em forma de post, mas é o que tem pra hoje!

Até a próxima.

Obs.: Estou postando somente o desenho que fiz de observação da professora porque ela não me respondeu ainda dando autorização de publicar a sua foto, mas se ela autorizar, atualizo o post depois.

15 comentários:

  1. O seu desenho de observação está excelente! Pode parar de mimimi. É sério, eu sei quem é a professora e achei que ficou muito igual!

    O processo de "redução" da imagem pra cartum também foi sensacional, Suco! O trabalho como um todo ficou incrível e você deveria fazer muito mais trabalhos desse tipo.

    Se der mole, ela nem vai usar a caneca pra não "gastar". Pelo menos acho que eu faria isso... hahahahahaha.

    Parabéns!!! \o/
    PS: Feliz dia do amigo s2

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, Nanika, muito obrigada mesmo! Foi um desafio muito grande, mas ver esse tipo de comentário faz tudo ter valido a pena, inclusive essa história de "redução da imagem pra cartum" que eu nunca tinha feito. :D Eu gostei do trabalho e se puder pretendo me envolver mais vezes com coisas dessa natureza.

      Pelo que o Rafa me disse ela é meio colecionadora de canecas, então pode ser que não use mesmo, mas ela também pediu a arte pra fazer um quadrinho, então pode ser que desapegue de querer guardar a caneca por conta disso!

      Feliz dia do amigo pra você também! s2 :*

      Excluir
  2. Ficou muito legal, gostei de mais dos desenhos e na composição em si, parabéns!!!

    ResponderExcluir
  3. Na minha leiguice, baseado apenas no que meus olhos apreciam, digo que ficou FELOMENAL!

    ResponderExcluir
  4. simplesmente animal. ficou lindaço.

    ResponderExcluir
  5. Brigadão, Pai, Sarinha e Marquito! :D

    ResponderExcluir
  6. Joyyyyyyyyy que MAXIMO!!! Que ideia bacana e maneira boa de a "desenrolar" e que lindo ficou! Se eu ganhasse algo assim ficaria muitoooo contente!!! Parabéns pelo belo trabalho!

    ResponderExcluir
  7. Ficou o máximo, parabéns pelo trabalho! Agora uma pergunta de leigo... quais as dimensões da ilustração final pra "caber" na caneca? Estou pensando em fazer uma personalizada pra minha namorada XD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Heitor! Muito obrigada pelo seu comentário.

      Sobre a arte da caneca, isso vai depender da loja que você vai mandar confeccionar e dos tamanhos de canecas que eles têm disponibilidade pra fazer impressão. No caso dessa daí fizemos em uma loja aqui na Grande Vitória chamada Canecando. Essa tem capacidade pra 300ml e o tamanho da arte pra esse modelo é de 20x9 cm, lembrando que a resolução deve ser de 300 dpi pra não ficar com má qualidade na impressão. :)

      Procure uma loja que faça esse serviço de personalização perto de onde mora e verifique com eles os modelos de caneca oferecidos e os respectivos tamanhos de arte.

      Como referência, deixo o site de onde fizemos por aqui: www.canecando.com
      Eles têm vários modelos e talvez dê pra ter uma ideia.

      Abraços e boa sorte na sua empreitada! Se precisar perguntar mais alguma coisa, os comentários estão aí a disposição.

      Excluir
  8. PERFEITO!! Um ótimo desenho de observação!! Ótimo!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Thâmara! Muito obrigada pelo seu comentário! :D

      Excluir